Investindo na dívida dos mercados emergentes

Investindo na dívida dos mercados emergentes

Our Thinking / Wealth /

Investindo na dívida dos mercados emergentes
Calendar29 Agosto 2018

O QUE É DÍVIDA DOS MERCADOS EMERGENTES?

Dívida dos mercados emergentes (DME) se refere à dívida emitida por países ou empresas sediadas em países definidos como “emergentes” com base em certos critérios amplamente aceitos, como um PIB per capita abaixo de um determinado limite máximo. A DME consiste em três áreas principais, que, de modo geral, refletem o fato de os emitentes serem soberanos ou corporativos e se estão emitindo em sua própria moeda nacional (local) ou em moeda estrangeira (moeda forte), como dólar ou euro.

COMO A MERCER CATEGORIZA AS ESTRATÉGIAS DE DÍVIDA DOS MERCADOS EMERGENTES?

Conforme definido anteriormente neste artigo, a DME abrange um bom número de áreas e, consequentemente, a Mercer tem várias maneiras de encarar as obrigações de DME. No MercerInsight temos cinco universos de DME:

  • DME em moeda forte: estratégias que investem exclusiva ou predominantemente em dívida soberana em moeda forte. Normalmente, essa estratégia acompanha um dos índices de referência JPM EMBI ou equivalente.
  • DME em moeda local: estratégias que investem exclusiva ou predominantemente em dívida soberana em moeda local. Normalmente, essa estratégia acompanha um dos índices de referência JPM GBI-EM ou equivalente.
  • Mescla de DME: estratégias que investem em uma combinação de dívidas soberanas em moedas locais e moeda forte. Normalmente, essa estratégia acompanha uma combinação na base 50:50 dos índices de referência JPM EMBI:JPM GBI-EM ou equivalente.
  • DME corporativa: estratégias que investem exclusiva ou predominantemente em dívida corporativa de MEs em moeda forte. Normalmente, essa estratégia acompanha um dos índices de referência JPM CEMBI ou equivalente.
  • DME com retorno total: estratégias que investem ao longo do espectro de DMEs do mercado (moeda forte, moeda local, corporativa etc.), sem fazer fé em nenhum índice de referência, de uma forma “o que vier é lucro”. Os gestores também devem estar conscientes da necessidade de proteger o retorno contra o risco de queda. Não esperamos que essas estratégias tenham um índice de referência (embora alguns gestores possam mencionar um benchmark, em geral uma combinação dos principais índices do mercado). Com relação aos tipos de estratégia acima, as estratégias de retorno total dependem mais da habilidade do gestor (alfa) como um fator de retorno.

QUAIS SÃO AS PERSPECTIVAS PARA A DÍVIDA DOS MERCADOS EMERGENTES?

Endossamos a questão da exposição à DME com base no fato de que a opção franqueia aos investidores o acesso a um conjunto de ativos vasto e diversificado, e fatores de retorno com características diferentes das de ativos do mundo desenvolvido. Um aspecto importante da dinâmica de crescimento dos MEs é a possibilidade de ganhos de produtividade significativos devido a melhorias na infraestrutura, aos equipamentos e à aquisição de competências pela força de trabalho. Muitas economias de MEs também estão expostas a fatores demográficos favoráveis impulsionados pela população mais jovem (comparada a boa parte do mundo desenvolvido), com relação à qual existe uma expectativa de contribuição positiva para a força de trabalho e o crescimento econômico. Do ponto de vista da dívida, algumas das principais economias emergentes também desfrutam de baixos níveis de dívida pública e de posicionamento fiscal mais sólido que o de seus pares no mercado desenvolvido.

Em termos de prazo mais curto, nossa análise é também amplamente favorável aos mercados de DME, embora estejamos conscientes de que os riscos fazem parte do investimento em economias de MEs, assim como é necessário estar ciente das perspectivas de valorização para os mercados de DME.

Continuamos a acreditar que as estratégias de DME podem desempenhar um papel valioso no futuro dos portfólios de crescimento dos investidores.

Baixe o nosso infográfico, Dívida dos Mercados Emergentes (DME), e o nosso artigo “Investindo na dívida dos mercados emergentes” para saber mais sobre como a DME pode se encaixar na sua estratégia de investimentos. 

  Faça o download do artigo
Preencha o formulário abaixo para receber o relatório na sua caixa de entrada.
*Campo Obrigatório