Informativo de Investimentos - agosto 2018

Informativo de Investimentos - agosto 2018

Our Thinking / Wealth /

Informativo de investimentos Mercer - agosto 2018
Informativo de investimentos Mercer - agosto 2018
Calendar20 Setembro 2018

O mês de agosto apresentou muita volatilidade para os principais indicadores de mercado aqui no Brasil e mundo a fora. Tivemos o aumento das tensões no exterior, no que diz respeito à escalada da guerra comercial, sendo o componente principal para tanta movimentação nos mercados.

EUA cria novas tarifas sobre produtos importados da China

Nos EUA, tivemos o anúncio da intenção de aplicar novas tarifas sobre produtos importados da China, aumentando a tensão comercial entre os dois países. As autoridades norte-americanas divulgaram tarifas adicionais de 10% sobre US$ 200 bilhões em produtos oriundos da China.

A respeito dos dados econômicos, a primeira prévia do PIB do segundo trimestre reforçou a dinâmica robusta da atividade no país. A economia americana mostrou expansão de 4,2% na margem anualizada.

China adotou uma série de medidas expansionistas

Sobre a China, há uma piora das projeções para o crescimento econômico, efeitos estes derivados do embate com os Estados Unidos em uma guerra comercial. Deste modo, como resposta às tarifas impostas pelos EUA, a China adotou uma série de medidas expansionistas (afrouxamento monetário, expansão do crédito, redução das taxas de juros interbancárias) para impulsionar a atividade na região. Lembrando que uma desaceleração mais contundente da economia chinesa pode apresentar problemas para as economias dependentes do seu crescimento, especialmente as emergentes.

Banco Central Europeu (BCE) manteve o escopo da política monetária

Na Zona do Euro, o Banco Central Europeu (BCE) manteve o escopo da política monetária de que os juros deverão permanecer estáveis até o início de 2019. Na visão da autoridade monetária da região os riscos para atividade seguem balanceados, a inflação segue em linha com o projetado. No entanto, os embates comerciais com os EUA permanecem como incerteza no cenário.

Turquia segue enfrentando problemas relacionados ao descontrole da inflação

Um dos principais componentes de aversão a risco global se deve à Turquia, que segue enfrentando problemas relacionados ao descontrole da inflação, ao mesmo tempo que apresenta vulnerabilidades, que incluem altos níveis de dívida em moeda estrangeira, déficit em conta corrente e aumento dos custos de empréstimos. A taxação sobre a importação do aço turco imposta pelo governo norte-americano resultou na queda vertiginosa da lira Turca, agravando as fragilidades da economia turca.

Lembrando que a escalada da guerra comercial afeta negativamente o potencial de crescimento das economias ao redor do globo. O ambiente global segue apresentando dificuldades para os países emergentes, principalmente aqueles que seguem com problemas fiscais.

  Vamos falar mais sobre isso?
Envie-nos uma mensagem para conversar com nossos especialistas
*Campo Obrigatório