A importância dos fundos de instituidores e os setoriais no fomento à previdência complementar fechada as

A importância dos fundos de instituidores e os setoriais no fomento à previdência complementar fechada

Our Thinking / Wealth /

A importância dos fundos de instituidores e os setoriais no fomento à previdência complementar fechada
Calendar10 Setembro 2018

Esse artigo se refere ao Evento Mercer de Previdência Complementar, que realizamos no dia 28 de agosto de 2018.

***

A importância dos fundos de instituidores e os setoriais no fomento à previdência complementar fechada

 

O terceiro painel do Evento Mercer de Previdência Complementar, ocorrido no dia 28 de agosto, buscou explorar a importância dos fundos de instituidores e os setoriais no fomento à previdência complementar fechada, tomando papel importante como alternativa para o crescimento, conforme explanado pelo mediador Felipe Bruno, Líder de Wealth na Mercer Brasil.

O sistema tem dois grandes desafios

Iniciando o painel, o Diretor Presidente da ABRAPP, Luís Ricardo Marcondes Martins, fez questão de ressaltar que o sistema tem dois grandes desafios, sendo o primeiro deles, administrar o estoque de planos, o que vem sendo feito com competência, e cujo resultado é percebido ao se observar o volume de benefícios pagos por Entidades Fechadas que gerem planos de benefícios por décadas e que vem sendo fonte importante de renda para milhares de famílias brasileiras.

O segundo desafio, tema do painel, é o olhar para o futuro, fazer a previdência complementar chegar ao jovem e estimular a poupança previdenciária. Luís Ricardo ressalta que a previdência do Servido público e os Instituidores são os pilares do crescimento. No segundo pilar, a ABRAPP acredita que há uma janela de oportunidade e que o Plano Setorial da ABRAPP, que permitirá que as EFPC filiadas à associação criem planos setoriais para alcançar os familiares de seus participantes e assistidos, tem o potencial de duplicar o número de participantes atual do sistema. A viabilidade dessa estratégia da ABRAPP passava por uma análise do CNPC, o que ocorreu no dia 29/08, um dia após o evento da Mercer.

O alto nível de satisfação dos atuais participantes é muito importante para conquistar novas adesões

A segunda palestrante foi a Claudia Cristina Cardoso Lima, Diretora da Fundação Copel, e que trouxe o case do Plano Família Fundação Copel.

Claudia indicou que a primeira ação da Fundação foi voltar o enfoque para o cliente, pois com o plano instituído não seria possível mais ter o olhar apenas para o participante “tradicional”, aquele que tem a entrada no plano facilitada ou incentivada pelo vínculo empregatício.

Sobre a fórmula do sucesso, a Fundação Copel disse que não há segredos, mas que encontrar o Instituidor que entenda e abrace a ideia e um sistema de informação que facilite o acesso aos clientes, ajudam muito.

Outros fatores importantes destacados pela Claudia são a inovação, e a Fundação buscou isso no PrevCash; estratégia de comunicação; o engajamento e foco da equipe, que já fazem parte da gestão da Entidade; e a confiança na marca, pois o alto nível de satisfação dos atuais participantes é fonte importante para busca de novas adesões ao Plano Família.

 Claudia finalizou indicando que a Fundação Copel enxerga o plano instituído como o futuro, fonte importante de fomento, e que o sistema precisa trabalhar para maior flexibilização e mudanças na tributação que permitem ainda maior crescimento desse segmento.

A importância de rever o planejamento estratégico da entidade, com foco no crescimento.

Fechando o Painel, tivemos a apresentação do case da Fundação CEEE, realizada pelo seu Diretor Presidente, Rodrigo Sisnandes.

Primeiro podemos conhecer os estudos realizados pela Fundação que constaram a alto nível de amadurecimento da Entidade, com alto volume de pagamento de benefícios e um projeto de acentuado decrescimento de participantes em fase contributiva e consequentemente dos níveis de contribuição, o que compromete a sobrevivência da Entidade. Estava constatada a necessidade de elevar a população de participantes da Fundação e o meio “tradicional”, de buscar por empresas interessadas em patrocinar planos, modelar e criar um plano customizado, com todo o trâmite legal exigido de aprovação, se mostrou inviável, pois uma das experiências da Fundação demorou 2,5 anos até a implantação e nessa velocidade o cenário não se alteraria como o esperado.

A alternativa encontrada pela Fundação CEEE foi rever seu planejamento estratégico, com foco em crescimento, perfil comercial e reposicionamento da Entidade. Nesse contexto criou-se o Comitê de Expansão, para dar maior foco para essa estratégia, e o plano padrão, que facilite e agilize os trâmites de adesão de patrocinadores e instituidores.

O reposicionamento da entidade com a marca Família Previdência já vem dando resultados, e algumas das soluções encontradas pela Fundação e indicadas pelo Rodrigo, passam por investir no crescimento dos planos instituídos, com modelo mais simples e flexíveis, modernos (“adesão digital, sem burocracia”) e com custo reduzido.

Assim como no caso da Fundação Copel, Rodrigo destacou a importância do engajamento dos colaboradores, a ênfase na equipe de vendas e relacionamento com participantes, e a utilização de aplicativos e mídias sociais. Também alinhado aos demais palestrantes, Rodrigo destacou como necessidades para o fomento à previdência no segmento instituído, a importância da fidelização dos clientes (participantes), a existência de um programa permanente de educação previdenciária e flexibilização das normas, em especial com mudanças nos regimes de tributação.

A Mercer incentiva o crescimento dos planos família

Em meio ao debate que seguiu após as apresentações do painel, Felipe Bruno destacou a importância que os planos instituídos/setoriais têm para crescimento do sistema de previdência complementar no Brasil, que tem um potencial enorme a ser explorado. E que compartilhar a visão estratégica da Abrapp sobre o tema e os cases da Fundação Copel e da Fundação CEEE são uma forma de contribuir para esse crescimento.

A Mercer, alinhada à nossa visão e entre outras ações, incentiva o crescimento dos planos família, com foco em melhorar a vida das pessoas amanhã através de ações que adotamos hoje, e nessa linha tem trabalho para auxiliar instituidores, entidades e empresas a encontrar as melhores soluções nesse segmento.

  Tem alguma dúvida ou quer conversar mais sobre algum tema do evento?
Envie-nos um e-mail, responderemos em breve.
*Campo Obrigatório