Mercer Match - Gamificação e Contratação nos Mercados Emergentes

Para as empresas da América Latina, como em muitas outras economias em crescimento, conseguir talentos qualificados é um desafio. As organizações estão descobrindo que os métodos tradicionais de recrutamento e seleção já não são suficientes, particularmente para alcançar a próxima geração de líderes: a Geração Y. Não seria mais fácil se houvesse um método automatizado de localizar a combinação perfeita - sem ter que obter a opinião de vários colegas diferentes com “leituras” diferentes sobre o candidato?

Na contratação tradicional, nos concentramos em currículos e entrevistas - e somos naturalmente atraídos por pessoas como nós. Apesar de nossas melhores intenções de sermos objetivos e nos concentrarmos nas qualificações dos candidatos, não conseguimos deixar de favorecer a pessoa com quem nos relacionamos - não necessariamente aquela que é melhor para o trabalho.

Principais Desafios de Recrutamento Enfrentados pelas Empresas Hoje

  1. Marca do Empregador e Recrutamento
    Os empregadores estão lutando para transmitir uma proposta de valor atraente ao empregado que os diferencie de seus concorrentes.
  2. Avaliando a Qualidade dos Candidatos
    Recrutadores e gestores de talentos não possuem um método rápido e eficaz de classificação através de currículos, para contratados técnicos e não técnicos.
  3. Mobilidade Interna
    Posições internas não são visíveis para os empregados atuais - o que significa que os empregados que procuram uma mudança provavelmente sairão da empresa mesmo quando houver posições abertas que os interessem.
  4. Expandindo o Pool de Talentos
    As empresas reconhecem a necessidade de preencher seus pipelines de talentos com candidatos qualificados e diversos.

Para você saber: O Talento que Você Está Procurando Tem Capacidade de Concentração Menor do que Um Peixe-Dourado

Todos nós sofremos de menor capacidade de concentração na Era da Internet. A questão é ainda mais acentuada entre a "Geração Z", a coorte demográfica que acompanha os Millennials (Geração Y) e se juntará à força de trabalho no futuro próximo. O peixe-dourado tem a capacidade de se concentrar por nove segundos. A atenção média humana caiu para oito segundos de acordo com o estudo Consumer Insights (Insights do Consumidor) de 2015 da Microsoft.[1]

A geração Z cresceu com jogos, do PlayStation ao Pokémon Go. É um meio no qual as gerações mais jovens estão confortáveis. Mas você sabia que os jogos podem fornecer aos empregadores os dados necessários para tomar as decisões de contratação corretas?

A maneira como as pessoas falam de si mesmas é diferente da maneira como realmente se comportam. Os jogos nos permitem coletar e medir dados comportamentais sem questionários longos. E são divertidos de jogar!

 

[1] Consumer Insights, Microsoft Canada. Attention spans, Spring 2015.

Sebastian Vázquez
by Sebastian Vázquez

Career Consultant Sebastian helps organizations plan their talent strategies and maximize the contributions of their employees.

SAIBA MAIS
Preencha o formulário para acessar o artigo completo.
*Campo Obrigatório