Informativo de investimentos Mercer – Setembro de 2017

Informativo de investimentos Mercer – Setembro de 2017

Our Thinking /

Informativo de investimentos Mercer – Setembro de 2017
Calendar17 Outubro 2017

Os indicadores de confiança seguem em alta nos Estados Unidos, Zona do Euro e China. Isso sugere uma manutenção do crescimento econômico global nos próximos trimestres. As incertezas geopolíticas ainda persistem no radar, no entanto, para o cenário atual a atribuição é baixa, ainda mais para alguma probabilidade de reversão da tendência de recuperação da economia global.

O cenário internacional atual aponta para uma diferenciação maior nas políticas monetárias. A continuidade do crescimento mantém as esperanças de que a inflação se sustentará mais alta, permitindo que essa redução de estímulos não traga novas pressões baixistas para a atividade.

Os Estados Unidos continuam na fronteira desse processo e a possibilidade de implementação de política fiscal expansionista deverá sustentar essa dinâmica ao longo de 2018. Mesmo com a gradual recuperação da inflação, o FED sinalizou uma nova alta na taxa de juros em dezembro.

A Europa permanece atrasada nesse ciclo, mantendo o hiato de produto em território negativo, especialmente no mercado de trabalho. As atenções do mercado seguem voltadas para o anúncio do novo programa de compra de títulos do Banco Central.

Esse ambiente global permanece favorável e auxilia na recuperação da economia brasileira. É esperada uma aceleração do crescimento nesse e no próximo ano, com o aperto nas principais economias abrindo espaço para a normalização da política monetária em economias periféricas.

O Brasil deverá continuar surfando a onda de indicadores de inflação baixa, porém o resultado eleitoral ganhará cada vez mais peso nas perspectivas de médio prazo, dado que há projetos de país e políticas econômicas divergentes, que podem levar a uma bifurcação nas perspectivas futuras, sendo que a política fiscal será o fator preponderante no médio prazo para o sucesso da economia em retomar um ciclo sustentável de crescimento.

O encontro do FMI na próxima semana promete consolidar a ideia de recuperação da economia brasileira, bem como de um crescimento mundial robusto. De fato, o Brasil deve ser um dos focos do debate, tendo em vista o descolamento mais favorável dos indicadores de atividade econômica nos últimos meses.

Outro foco de debate neste fórum será a mudança da condução de política monetária nas principais economias desenvolvidas. De forma geral, devido ao cenário internacional de inflação baixa, acredita-se que as conclusões não terão efeitos negativos sobre a perspectiva de crescimento robusto em tais economias e, consequentemente, maior demanda internacional para os países emergentes.

  Fale com a Mercer
Em breve retornaremos
*Campo Obrigatório