De acordo com nossas pesquisas, a saúde e o bem-estar dos funcionários são prioridades dos executivos de RH. No mundo da experiência do funcionário (EX), bem-estar é criar a cultura do cuidar, de garantir que os funcionários prosperem.

 

Porém, em tempos de trabalho remoto, empresas enfrentam grandes desafios em promover aos funcionários e suas famílias uma boa experiência de saúde e bem-estar. As organizações têm lutado com novas abordagens, incluindo preparação de gestores para apoiar o bem-estar de funcionários remotos e a promoção da saúde fora do local de trabalho.

 

Quando o trabalho remoto é o principal formato, as demandas são outras. Isso significa que empregadores precisam considerar novas formas de identificar necessidades, entregar as soluções e construir uma cultura de saúde baseada em 4 pilares de bem-estar:

Bem-estar físico: acesso a soluções que ajudam os funcionários a preservar e proteger sua saúde - consultar um médico, se alimentar de maneira saudável, fazer exercícios e permanecer em segurança - geralmente parece diferente para os trabalhadores remotos.

Bem-estar emocional: o acesso a cuidados de alta qualidade é muito procurado. Direcione, de maneira proativa o estresse emocional e promova o senso de propósito dos funcionários.

Bem-estar financeiro: as necessidades de segurança e educação financeira dos funcionários continuam - por exemplo, por meio de orçamento, opções de refinanciamento ou reembolso de mensalidades.

Conectividade social: é vital considerar a nova dinâmica de prestação de cuidados, conexão social, recursos da comunidade, voluntariado e políticas de licença.


Três maneiras de melhorar o bem-estar dos funcionários.

Comece hoje.

Fale conosco

A Mercer ajuda os clientes a se adaptarem e prosperarem através da mudança todos os dias. Em momentos de incerteza como o que estamos enfrentando, continuamos sendo um consultor de confiança e estamos aqui para apoiar. Entre em contato conosco abaixo:

*Campo Obrigatório