Benefícios LGBT ao Redor do Mundo

Benefícios LGBT ao Redor do Mundo

Empregadores reconhecem importância de políticas de diversidade e inclusão LGBT para a evolução da força de trabalho

  • 29/03/2017
  • EUA, Nova Iorque

A expansão dos direitos e a conscientização a respeito de lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros (LGBT) teve impactos profundos em todo o mundo. À medida que as normas mudam na sociedade e nos tribunais de justiça, as organizações estão reavaliando questões relacionadas aos direitos LGBT. De acordo com a Pesquisa Mercer de Benefícios LGBT ao Redor do Mundo, enquanto muitas organizações globais adotaram políticas mais amplas de diversidade e inclusão, pouco mais da metade adaptou essas políticas para acomodar especificamente os funcionários LGBT. Além disso, um terço das organizações não tem um programa designado para funcionários LGBT dentro de sua política de diversidade e inclusão e 20% das organizações dependem de outras políticas corporativas para acomodar esses indivíduos. Notavelmente, a maioria das organizações que adotaram uma política autônoma para funcionários LGBT (28%) fez isso por meio de uma política global.

Figura 1 - A maioria das empresas não adotou uma política de diversidade e inclusão específica para os funcionários LGBT

Fonte: Mercer, Benefícios LGBT ao Redor do Mundo

"É mais importante do que nunca que as organizações reavaliem sua posição sobre questões relacionadas aos direitos LGBT", disse Ilya Bonic, presidente do negócio de Carreira da Mercer. "Na guerra global pelos melhores talentos, as empresas tidas como não discriminatórias e progressivas se tornam mais atrativas aos candidatos, com um ambiente acolhedor, de apoio e produtivo".

Apesar de muitas organizações não terem criado uma política de diversidade e inclusão que aborda especificamente o tratamento e cuidados dos empregados LGBT, a maioria adotou uma política que os protege da discriminação ou assédio no local de trabalho. De acordo com a pesquisa da Mercer, dois terços das organizações globais têm uma política de anti-discriminação específica aos funcionários LGBT e 6% pretendem adotar tal política nos próximos 12 meses. Uma parcela menor de empresas (28%) permite que os funcionários se auto identifiquem como lésbicas, gays, bissexuais ou transgêneros para fins de análise da força de trabalho.

Cobertura dos benefícios

Em um esforço para fornecer cobertura de benefícios igualmente a todos os funcionários, as organizações globais reviram os seus programas de benefícios para garantir que os casais LGBT sejam elegíveis aos mesmos benefícios que os casais heterossexuais. Em muitos casos, isso inclui programas para reconhecer casais do mesmo sexo em locais onde as uniões civis são proibidas. Os resultados da pesquisa da Mercer refletem essa tendência, com a maioria das empresas em todo o mundo (81%) oferecendo os mesmos benefícios de seguro de vida, planos médicos e de aposentadoria aos casais LGBT.

“As organizações começaram a entender o poder que têm para influenciar os mercados e proteger os funcionários LGBT, proporcionando benefícios iguais e inclusivos", disse Diego Ramirez, diretor da Mercer Global Health. "Em um ambiente onde o talento é escasso e a atenção do público ao comportamento corporativo está aumentando, as organizações não podem menosprezar suas políticas LGBT globais, esforçando-se para articulá-las consistentemente em diferentes países".

As razões pelas quais as organizações não oferecem benefícios iguais aos funcionários LGBT variam. De acordo com a pesquisa da Mercer, metade das organizações declararam que estão limitadas por leis nacionais, enquanto aproximadamente um terço informou que não oferece benefícios devido a preconceitos culturais e sociais ou à incapacidade da empresa de implementar tal plano de benefícios. As restrições legais inibem desproporcionalmente as organizações da Europa Central e Oriental (86%), Oriente Médio e África (81%), Europa Ocidental (75%) e América Latina (61%). Em contraste, menos de um terço das organizações na América do Norte (31%) não oferece benefícios iguais por esse motivo.

Planejamento familiar e saúde

Planejamento familiar e saúde são um componente crítico do programa de benefícios de saúde de uma empresa, mas os funcionários LGBT tradicionalmente são excluídos das políticas de planejamento e assistência familiar devido a rígidas normas que estipulam que os funcionários devem estar legalmente casados ​​para se qualificarem para esses benefícios, excluindo assim casais de mesmo sexo ou funcionários LGBT que são impossibilitados de se casarem em seu país de origem.

As atitudes estão mudando e a pesquisa da Mercer mostra que metade das organizações em todo o mundo oferecem benefícios para ajudar os funcionários LGBT a planejarem e cuidarem de uma família, seja por meio de tratamento de fertilidade, gestação de aluguel, adoção ou licença parental. Ainda mais convincente do que a prevalência global de planejamento familiar e benefícios de assistência é a prevalência desses benefícios em regiões específicas. As empresas na América do Norte são 31% mais propensas a oferecer assistência de planejamento familiar para funcionários LGBT do que aquelas na Ásia - os mercados com maior e menor prevalência, respectivamente.

A pesquisa Mercer de Benefícios LGBT ao Redor do Mundo, que fornece aos gerentes de RH e de negócios informações sobre como as empresas estão lidando com as necessidades relacionadas a benefícios de seus funcionários LGBT, inclui informações de 50 países. Para obter mais informações ou para adquirir o relatório, visite: www.imercer.com/products/lgbt-benefits.aspx.

 

 

Sobre a Mercer

A Mercer é uma consultoria líder mundial em talento, saúde, previdência e investimentos. A Mercer auxilia os clientes em todo o mundo a promover a saúde, o patrimônio e a carreira de seus ativos mais importantes – suas pessoas. Os mais de 20.000 empregados da Mercer estão localizados em 43 países e a empresa opera em mais de 140 países. A Mercer é uma subsidiária integral da Marsh & McLennan Companies (NYSE: MMC), uma empresa global de serviços profissionais fornecendo consultoria e soluções a clientes nas áreas de risco, estratégia e capital humano. Com uma receita anual de US$13 bilhões e 60.000 empregados em todo o mundo, a Marsh & McLennan Companies também é a controladora da Marsh, líder mundial em corretagem de seguros e gerenciamento de riscos, Guy Carpenter, líder mundial em serviços de risco e mediação de resseguro; e Oliver Wyman, líder mundial em consultoria de gestão. Para mais informações, visite www.mercer.com. Siga a Mercer no Twitter @Mercer.

 

INFORMAÇÕES PARA CONTATO