HR Transformation

Imprensa

Uma em cada três organizações emprega um modelo de serviços de RH de alto desempenho, relata novo estudo da Mercer

  • 26/05/2017
  • Brazil, São Paulo

De acordo com o HR Transformation Study – How HR Needs to Change (Estudo de Transformação do RH – Como o RH Precisa Mudar) de 2017 da Mercer, apenas mais de um-terço (35%) das organizações de todo o mundo empregam um modelo de prestação de serviços de RH que inclui os três componentes de Centros de Expertise (COEs), HR Business Partners (HRBPs) e Serviços Compartilhados de RH (HRSS). A operação bem-sucedida de todos os três componentes é um atributo de funções de RH de alto desempenho. Além disso, poucas (17%) planejam mudar de seu modelo existente.

Em um ambiente de trabalho em rápida mudança, a lenta transformação da função de RH não se alinha aos planos da C-suite para mais mudanças e suporte. A pequisa Global Talent Trends (Pesquisa Global de Tendência de Talentos) de 2017 da Mercer conclui que a maioria (93%) dos executivos está planejando um redesenho organizacional nos próximos dois anos, com 41% esperando transferir as funções de suporte para serviços compartilhados.

“As organizações estão fazendo mudanças que visam maior eficiência e agilidade, o que requer uma combinação de tecnologias,” disse Karen Piercy, Partner da área de HR Transformation da Mercer. “Aquelas que expandiram as habiliddes de serviços compartilhados e parcerias de negócios tiveram o melhor sucesso alinhando o RH às necessidades do negócio.”

A pesquisa de HR Transformation da Mercer mostra organizações com funções de RH que evoluem continuamente seu modelo de prestação de serviços de RH, constróem capacidades entre seu time de RH e investem em tecnologia atuam significativamente melhor do que aquelas que não o fazem. Veja Figura 1.

Evolua o modelo, construa capacidade

O estudo da Mercer relata que mais de dois-terços (68%) das funções de RH de alto desempenho redesenharam sua estrutura de RH nos últimos cinco anos. Como resultado, muitas estão utilizando uma estrutura na qual a administração e as decisões de RH são feitas de forma centralizada, e os processos e práticas são consistentes em vários locais.

À medida que os modelos de prestação de serviços evoluem, as organizações com funções de RH de alto desempenho estão alinhando COE e práticas de RH à estratégia geral do negócio, transferindo transações para os serviços compartilhados e fornecendo mais oportunidades de aprendizagem e desenvolvimento de carreira para sua equipe de RH. Ao alinhar-se com as principais iniciativas de desempenho do negócio, os profissionais de RH estão bem posicionados para funções de valor agregado. De acordo com o estudo da Mercer, mais de dois-terços (69%) dos líderes CHROs/executivos de RH reúnem-se com o CEO ou COO para discutir a estratégia de negócios e RH pelo menos duas vezes por mês para assegurar alinhamento estratégico.

“Essas reuniões são importantes para fortalecer a parceria entre esses líderes e ajudar a garantir que o RH esteja fortemente alinhado com as estratégias do negócio,” comentou Denise LaFonte, líder norte-americana da área de HR Transformation da Mercer. “Quando os líderes de negócios vêem os programas de RH alinhados à estratégia do negócio, compreendem o valor e a importância desses programas, o que é particularmente significativo, uma vez que menos da metade dos CEOs reconhecem o RH por sua capacidade e competência.”

Invista em tecnologia

Investir em tecnologias de gestão de capital humano que fornece análise da força de trabalho para conduzir a tomada de decisão estratégica e entregar uma experiência de RH com base no consumidor, tanto para gestores como empregados, deveria ser uma prioridade principal na agenda do RH, especialmente se apenas um-terço (35%) dos CEOs acreditam que sua função de RH fornece uma experiência digital aos empregados. O estudo da Mercer conclui que organizações com funções de RH de alto desempenho abraçaram a tecnologia e perceberam resultados significativos em avaliar e aplicar análises. Especificamente, atingiram melhores resultados comerciais, entregando valor excepcional ao cliente (94%), reagindo proativamente à mudança disruptiva (83%) e impulsionando a inovação (89%). Além disso, são vistas como grande local para trabalhar (86%) e atraem o talento necessário para se destacarem (91%).

Apesar das organizações com funções de RH de alto desempenho utilizarem tecnologia muito mais do que as outras, isso ainda é limitado. Enquanto 69% possuem auto-atendimento para empregado, apenas 36% possuem auto-atendimento para gerente e apenas 27% possuem aplicativos de talento móvel.

“Claramente, há oportunidade significativa para a função de RH aumentar sua presença digital,” comentou a Sra. Piercy. “Conforme as funções de RH adotam tecnologia e avançam suas habilidades em análise de dados, elas estão fortalecendo a tomada de decisão estratégica, aprimorando as parcerias com os líderes de negócios e outras funções, e fornecendo uma experiência mais digital e voltada ao cliente.

Para mais informações, para baixar o Resumo Executivo e assistir o webcast da Mercer, visite  https://www.mercer.com/our-thinking/why-hr-needs-to-change.html.

Sobre a Mercer

A Mercer é uma consultoria líder mundial em talento, saúde, previdência e investimentos. A Mercer auxilia os clientes em todo o mundo a promover a saúde, o patrimônio e a carreira de seus ativos mais importantes – suas pessoas. Os mais de 20.000 empregados da Mercer estão localizados em 43 países e a empresa opera em mais de 140 cidades. A Mercer é uma subsidiária integral da Marsh & McLennan Companies (NYSE: MMC), uma empresa global de serviços profissionais fornecendo consultoria e soluções a clientes nas áreas de risco, estratégia e capital humano. Com uma receita anual de US$13 bilhões e 60.000 empregados em todo o mundo, a Marsh & McLennan Companies também é a controladora da Marsh, líder em corretagem de seguros e gerenciamento de riscos, Guy Carpenter, líder em serviços de risco e mediação de resseguro; e Oliver Wyman, líder em consultoria de gestão. Para mais informações, visite www.mercer.com. Siga a Mercer no Twitter @Mercer.

Figura 1:  Práticas de negócios de funções de RH de alto desempenho

Fonte: Estudo HR Transformation – How HR Needs to Change (Transformação do RH – Como o RH Precisa Mudar) de 2017 da Mercer

INFORMAÇÕES PARA CONTATO